Oscar 2014: Entendendo as categorias de Mixagem e Edição de Som

mixing desk

As categoria de som do Oscar talvez sejam as menos glamourosas. São consideradas muito técnicas e muita gente não sabe a diferença. Eu também não sabia, e essas categorias sempre foram uma incógnita pra mim. Mas pesquisei e tentarei esclarecer essa dúvida também para vocês.

A mixagem de som é a combinação de todos os sons que você escuta no filme. Como os mixadores misturam os diálogos com sons ambientes, trilha sonora, barulho de objetos, etc. Tanto que por muito tempo a categoria foi chamada apenas de Melhor Som, e é concedida desde o início da premiação. Na cena clássica de batalha em O Resgate do Soldado Ryan temos um grande trabalho de mixagem de som, o barulho das balas, da água, dos barcos chegando, explosões, e toda a cena é feita sem trilha sonora, e todo o trabalho de som é feito para você entrar no filme.

sound_mixing_07

edição de som é um prêmio mais recente, dado pela primeira vez na década de 60, e mesmo assim não foi oferecido todos os anos. Em algumas vezes era dado um prêmio especial (Special Achievement Award) como no caso de Star Wars que o ganhou por “pela criação da vozes dos aliens, criaturas e robôs”.

A categoria já foi chamada de Melhores Efeitos Sonoros, e por esse nome já é mais fácil entender o trabalho destes profissionais. Eles criam todos os sons que você escuta no filme (menos diálogos e trilha sonora). O incrível som das balas atingindo a água no já citado O Resgate do Soldado Ryan (que venceu em ambas categorias) foi trabalho desses profissionais. O rugido do Tiranossauro Rex é um clássico trabalho de edição de som, foram misturados sons de diversos animais (Jurassic Park também venceu em ambas categorias).

Gary Hecker, conhecido artista de Foley

Gary Hecker, conhecido artista de Foley

Em muitos casos, o mesmo filme vence em ambas as categorias, talvez por motivo de as pessoas não saberem a diferença. Este ano, os indicados foram praticamente os mesmos: Capitão Phillips, Gravidade, O Grande Herói e O Hobbit: A Desolação de Smaug foram indicados em ambas categorias. All is Lost conseguiu um indicação em Melhor Edição de Som e Inside Llewyn Davis em Mixagem. O favorito este ano é Gravidade, que deve levar ambas, mas Capitão Phillips também não está apenas figurando na disputa.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someonePrint this page

Comentários

comments

Jonathan De Assis

Author: Jonathan De Assis

Acredita piamente que o Pink Floyd é a maior banda de todos os tempos e que ninguém canta melhor que o Robert Plant. Tem o Scorsese como ídolo máximo e sabe que ele transformará o DiCaprio no novo DeNiro. Com Goodfellas aprendeu as duas coisas mais importantes da vida: Nunca dedure seus amigos e mantenha a boca sempre fechada.

Share This Post On

1 Comment

  1. Finalmente consegui entender, muito boa a explicação!!!!!

    Poste uma resposta

Links

  1. Oscar 2014: apostas e considerações sobre os filmes indicados | O Chaplin - […] entender a diferença entre edição e mixagem de som, graças a uma postagem do colaborador Jonathan de Assis, acho …
  2. 10 Creative Professionals With Amazing Jobs You Wish You Have | Webintegrator.co - […] (Image Source: ochaplin) […]

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *