Num momento em que o governo de Michel Temer tenta retirar a obrigatoriedade do ensino de artes do currículo do ensino médio, um projeto daqui, do Rio Grande do Norte, pode provar o quão importante é o ensino dessa disciplina como prática pedagógica. As artes, incluídas nelas o ensino de teatro, além de expressar emoções e idéias, provoca reflexão, sensibiliza o olhar, muda a visão de mundo das pessoas e, claro, ajuda a reforçar o que se aprende em sala de aula.

Por esses motivos, um grupo de alunos e professores de teatro da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) desenvolveu o Circuito de Teatro Escolar. Em 2016, o projeto está em sua terceira edição e será encerrado com uma Mostra de Apresentações, que começa nesta terça-feira (25/10) e segue até sexta-feira (28/10) na Cidade da Criança.

Com o tema “É preciso repensar e recriar a educação”, bastante apropriado ao atual contexto de debates sobre o Ensino Médio, a fase de Circuito, na qual foram selecionadas 30 escolas de 15 cidades do estado, aconteceu entre os dias 4 e 7 desse mês. Nessa fase, ocorreu um verdadeiro intercâmbio teatral por meio da circulação de peças. Uma peça produzida por alunos de uma determinada escola foi apresentada em uma escola diferente daquela que a produziu. Além disso, os grupos selecionados de cada escola tiveram acompanhamento dos organizadores, que ministraram oficinas teatrais a fim de preparar melhor os grupos para suas cenas.

483c21_46672c071daa49d78d6d21a5ce06d7e0-mv2_d_2048_1365_s_2

O objetivo é fomentar a criação artística no meio estudantil, abrindo espaço para que os estudantes do estado não só apresentem suas produções teatrais, mas também se sintam estimulados pelo teatro. Afinal, ainda há muitas escolas – principalmente as públicas – nas quais a maioria dos alunos sequer assistiu a uma peça teatral.

Serviço

Mostra de Espetáculos da III Mostra Teatral

Terça – 25/10

Na Rua de Mala e Cuia (COMPANHIA CULTURAL CIRANDUÍS) – JANDUÍS/RN
Histórias do Alpendre (QUEM D’JABO SIM PORTA)
O Grito das Rosas (GRUPO DE TEATRO MYTHOS)

Quarta – 26/10
Bodas de Sangue (NÓS DA BAIXA) –  JOÃO CÂMARA/RN.
La Trupe Del A.S Egypcio e La Moskytta (ELOY CIA TEATRAL)
PSI – Quando a Loucura Passa Como Sanidade (GRUPO TEATRAL CONFRARIA DA CENA)

Quinta – 27/10
Infectantes Sanguinarios por um Mundo Mais Dengoso (GRUPO CULTURAL E TEATRAL FILHOS DA ARTE)
O Casamento Mais Que Suspeitoso (COMPANHIA TEATRAL PROFANOS)
Pro Tempo Girar (ENCONTRART)
Nosso lixo (CIA DE COMEDIA OS LOUCOS.COM)

Sexta – 28/10
A história de Nós Mesmos (GRUPO DE TEATRO ATIVOS)
O Magico de OZ (GRUPO DE TEATRO DO COLÉGIO NOSSA SENHORA DAS NEVES)
A Vida de Aedes e Sua Familia (GRUPO DE TEATRO NASCIDOS DA CULTURA)
A Mais Valia Vai Acabar, Seu Edgard (PIA A CENA)

Para saber um pouco mais sobre o projeto, acesse a página de evento no facebook.

Confira aqui a programação detalhada.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someonePrint this page

Comentários

comments

Sobre o Autor

Vinícius Vieira

Sagitariano carioca que mora em Natal. Jornalista formado pela UFRJ e UFRN. Apaixonado por cinema, praia e viagens.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.