Próximo à estreia de Logan nas telonas, trazemos aqui a história em quadrinhos que inspirou o filme. Wolverine – Velho Logan foi lançado em 2008, escrita por Mark Millar e com arte de Steve McNiven. Juntos eles trazem a maior e mais sangrenta aventura do homem dos ossos de adamantium de todos os tempos.

A história se passa nos Estados Unidos pós-apocalíptico, que se encontra dividido em quatro territórios, são eles: Terra do Hulk (antigo território da Abominação), O Reino do Rei do Crime (antigo domínio do Magneto), Lar do destino e Quartel Presidencial. E é em Sacramento (Califórnia), dentro do território do Hulk, que vive um velho fazendeiro chamado Logan, sobrevivendo de uma pequena criação de porcos de onde obtém renda para pagar seus impostos aos descendentes de Bruce Banner e, assim, sustentar sua família.

Cinquenta anos depois de ser enganado por Mystério e exterminar todos seus companheiros dos X-Mens, evento que lembra bastante a loucura de Hércules ao incendiar sua casa, Logan resolveu aposentar suas garras e viver pacatamente com sua família, evitando assim causar dor e sofrimento às pessoas que o cercam e a ele mesmo.

Mas as coisas não vão muito bem para o velho fazendeiro. Sem dinheiro para pagar seus pedágios, Logan resolve aceitar a proposta de um velho amigo, o ex-vingador Gavião Arqueiro. Clint Barton, que se encontra cego, oferece ao amigo uma pequena fortuna para que ele lhe faça companhia até Nova Babilônia, onde precisa entregar uma encomenda. Sem muitas opções, Logan resolve fazer dupla com Clint para juntos cruzarem os quatro reinos da América. Mas em um país enlouquecido, isso não vai ser nada fácil, ele enfrentará super-vilões, como Venom, O Rei do Crime e o Caveira Vermelha.  Logan então deixa de lado sua promessa e traz à vida um Wolverine brutal jamais visto antes.

Com um enredo de pouquíssimos diálogos, Mark Millar consegue conceber dinâmica excepcional ao arco, deixando assim sobressair as batalhas sangrentas muito bem exploradas por Steve McNiven que, juntamente com a coloração de Dexter Vines e Morry Hollowel, conseguem fazer uma transição bem definida entre história e batalhas. Apesar de ser uma narrativa bem diferente do cinema, o quadrinho é uma ótima dica de leitura para os fãs da franquia, e certamente preparará seu estomago para o que lhes aguarda nas telonas no início de março.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someonePrint this page

Comentários

comments

Sobre o Autor

Cleyton Medeiros

Militar Asgardiano, estudante de matemática da academia Jedi, Obtém o verdadeiro segredo das jóias do infinito, além de ser um apaixonado por cultura Geek.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.