Que Laerte é uma personagem icônica da cultura brasileira, já é cabido. A surpresa é que a cartunista foi escolhida como a protagonista do primeiro documentário original da Netflix produzindo no Brasil, que tem estreia prevista para o próximo 19 de maio. “Laerte-se” mostra a investigação da profissional sobre o mundo feminino e tem direção assinada pela jornalista Eliane Brum e por Lygia Barbosa da Silva.

Laerte é considerada uma das mais importantes cartunistas e chargista brasileira, com trabalhos publicados em O Pasquim, Veja, IstoÉ, UOL, Folha e Estadão. O filme vai mostrar como a profissional, identificada como homem por 57 anos, decidiu revelar sua identidade transexual.

“Enquanto faz uma reforma em casa, Laerte se pergunta sobre se deve ou não fazer um implante de seios. A partir desta questão, desenrola-se uma série de perguntas difíceis sobre o que é, afinal, ser mulher”, explica a sinopse da produção.

O documentário tem roteiro assinado pelas duas diretoras e por Raphael Scire.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someonePrint this page

Comentários

comments

Sobre o Autor

Andressa Vieira

Jornalista, cinéfila incurável e escritora em formação. Típica escorpiana. Cearense natural e potiguar adotada. Apaixonada por cinema, literatura, música, arte e pessoas. Especialista em Cinema e mestranda em Estudos da Mídia (PPgEM/UFRN). É diretora deste site.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.